Notícias

Confira as principais informações do setor

Geadas atingem trigo do Paraná; café e cana em SP e MG são poupados

As geadas desta terça-feira (18), que se estenderam por boa parte do centro-sul do Brasil, pouparam as lavouras de cana-de-açúcar e de café arábica em São Paulo e Minas Gerais, mas já levantam preocupações quanto a perdas para a produção de trigo no Paraná, Estado mais afetado pelo fenômeno.

"Tivemos geadas fortes no oeste [do Paraná]. No norte, a princípio, não tivemos relatos [de geadas fortes]. Mas só vamos saber a dimensão disso tudo daqui uma semana", afirmou o especialista do Departamento de Economia Rural do Paraná (Deral), Carlos Hugo Godinho.

No Paraná, praticamente metade das áreas produtoras de trigo, o equivalente a 450 mil hectares, correm risco de prejuízos por causa das geadas desta semana –o fenômeno deve ser mais forte nesta quarta-feira (19).

 Segundo ele, os episódios desta terça se concentraram entre os municípios de Campo Mourão (oeste) e Cascavel (sudoeste), onde as lavouras de trigo estão em fase de enchimento de grãos e, portanto, mais suscetíveis a perdas.

Apenas esses municípios semearam 115 mil e 99,2 mil hectares com trigo, respectivamente, e estão entre os principais produtores do Estado, o maior produtor do grão no país.

O Estado deve produzir pouco mais de 3 milhões de toneladas de trigo neste ano, ou mais da metade da colheita nacional do cereal, prevista em 5,6 milhões de toneladas.

Continue lendo.

Fonte: Folha Uol