Notícias

Confira as principais informações do setor

Como a farinha de trigo se transforma em pão?

Quentinho e fresquinho, com recheio de manteiga, requeijão, geleia, queijo ou presunto. O pão faz parte da rotina alimentar da população mundial e está presente nas mesas da maioria dos brasileiros pelo menos em algum momento do dia. Mas você sabe como a farinha de trigo vira pão?

A farinha de trigo é composta basicamente por amido e pelas proteínas glutenina (glúten) e gliadina, responsáveis por dar elasticidade à massa. Ao se misturar com água, fermento e sal, forma o pão. Este processo é descrito com riqueza de detalhes no livro desenvolvido pela Associação Brasileira das Indústrias do Trigo (ABITRIGO) Do grão ao pão, farinha de trigo: história da moagem no Brasil.

A primeira etapa da fabricação do alimento é a sova, quando a mistura dos ingredientes é amassada até ficar consistente, morna e maleável. O movimento mecânico faz com que o amido se altere de maneira silenciosa e sutil, lentamente se deixando converter em açúcar pela ação da amilase, uma enzima ativada pelo calor. Daí a importância de, depois da sova, deixar a massa descansando, por alguns minutos, sob uma temperatura entre 27 e 30 graus¹.

O papel do fermento é essencial na hora de levar ao forno. É ele que converte o açúcar em álcool e gás carbônico. Os dois componentes evaporam quando estão em alta temperatura, mas o segundo fica preso na massa em forma de bolhas, fazendo com que o pão cresça.

Vanderli Marchiori, consultora em nutrição da ABITRIGO, explica que o pão é o queridinho das pessoas por fornecer sabor e nutrição na medida certa. “O carboidrato presente neste alimento é de suma importância, pois é ele que fornece energia para o nosso corpo e mente. Além disso, o pão é versátil e combina tanto com um prato de sopa para um dia mais frio, quanto para um lanche natural e refrescante para os dias de calor”, explica.

Do grão ao pão, farinha de trigo: história da moagem no Brasil

Este livro, lançado para marcar os 25 anos da Associação Brasileira da Indústria do Trigo (ABITRIGO), mais do que celebra o árduo trabalho da entidade em reestruturar e integrar toda a cadeia produtiva do cereal no Brasil nestas últimas duas décadas e meia; reforça a importância da farinha de trigo e a apresenta como protagonista de uma saga que atravessou séculos e continentes até se tornar um dos alimentos mais consumidos no mundo.

A publicação aborda esta jornada do ponto de vista moageiro, desde as primeiras mós de pedra do Egito Antigo até os modernos moinhos de cilindros que hoje despontam pelo mundo. Com imagens históricas e uma narrativa envolvente, a obra revela fatos pouco conhecidos da moagem no Brasil e traça um paralelo entre a evolução do trigo e a história do nosso país.

1 BARTABURU, Xavier. Do grão ao pão, farinha de trigo: história da moagem no Brasil. Editora Origem, São Paulo, 2016. Pg. 150

_____________________________________

Informações para a imprensa:  

TREE COMUNICAÇÃO  

Kelly Viana
(11) 3093-3614/ 97372-5065
kelly.viana@tree.inf.br

Mariana Ortiz
(11) 3093-3618/ 97602-0399
mariana.ortiz@tree.inf.br

Fonte: ABITRIGO