Notícias

Confira as principais informações do setor

Dez motivos pelos quais a gente não deve parar de comer pão

Sempre que começamos uma dieta, uma das primeiras atitudes é cortar o pãozinho, né? Isso pode ser um grande erro, adverte a nutricionista Beatriz Botequio da Equilibrium. Primeiro, porque, é a escolha do tipo de pão e a quantidade que se come o grande segredo.

"É importante lembrar que a perda de peso é resultado de diversas mudanças de comportamento alimentar, como a criação de hábitos saudáveis aliado à prática de exercícios, e não resultado da exclusão de alimentos específicos", diz ela.

A nutricionista lembra que prestar atenção aos sinais de fome e saciedade, ao sabor dos alimentos são estratégias importantes para essa mudança de comportamento. Ou seja, não vamos pôr a culpa no pobre pão, se traçamos ele coberto de Nutella ou se temos uma alimentação toda errada durante o dia. E ela lista dez motivos pelos quais a gente não deve parar de comer pão.

1. Pão é um alimento fonte de carboidrato, nutriente que garante energia e disposição para realizar as tarefas do dia a dia;

2. Alimentos ricos em carboidrato promovem a formação de serotonina, um neurotransmissor responsável pelo humor e sensação de bem-estar. Sendo assim, consumir pão pode ajudar a manter o bom humor e bem-estar;

3. Tem vitaminas do complexo B, que contribuem para manter o cérebro saudável e a memória ativa;

4. A versão integral tem minerais, como fósforo e magnésio, que atuam na formação e manutenção dos ossos;

5. Alguns trazem grãos inteiros, rico em fibras, que auxiliam o funcionamento do intestino;

6. Pães integrais possuem fibras que contribuem para a saciedade e assim pode ajudar no controle do peso;

7. Os pães integrais podem auxiliar na redução do colesterol;

8. Quando consumido antes da prática de atividade física, fornece energia rápida para o exercício;

9. O consumo após a atividade física ajuda a repor os estoques de energia, favorece a recuperação muscular e evita a fadiga muscular;

10. Dietas restritas em carboidratos têm impacto prejudicial na função vascular e na circulação, por isso o equilíbrio no consumo de carboidratos é favorável para saúde cardiovascular.

Fonte: Site Dica de Mulher